sexta-feira, 8 de abril de 2011

Streets of Rage Remake

Bem, suponho que você conhece a franquia Streets of Rage, não? NÃO? Tudo bem, é um jogo antigo, e se não conhecer até perdôo tamanha heresia. Mas pode ficar sabendo mais sobre ele aqui.


Pois então, para a galera que conhece o jogo (ou quem quem conhecer), um grupo de fãs nostálgicos (Bomber Games) desenvolveu durante os últimos 8 anos um remake caseiro deste grande clássico dos 16-bits. Mas se engana que é um trabalho meia-boca como os jogos de MUGEN que encontramos por aí. O que temos aqui é algo pra fazer o gamer saudosista ter espasmos de felicidade ao jogar esta maravilha! Sinceramente, acho que nem a própria SEGA nos dias de hoje seria capaz de um trabalho tão bem feito.

O jogo reúne o melhor dos elementos encontrados nos jogos da série. De início, temos os 6 personagens principais do jogo (Axel, Blaze, Adam, Max, Skate e Zan), a fantástica trilha sonora de Yuzo Koshiro remixada e 103 estágios, alguns já conhecidos dos outros jogos e outros totalmente novos! Novos inimigos e desafios podem ser encontrados, além da jogabilidade que mescla o melhor dos games anteriores, de inovações como os ataques especiais e armas de fogo até o clássico comando de chamar o carro da polícia do primeiro jogo.

E as novidades não param por aí: agora o jogo possui uma loja, onde pode ser gasto o dinheiro coletado no jogo (que antes era inútil), podendo-se comprar novos personagens, cheats, minigames e muito mais! O destaque fica para o sensacional modo de edição, onde você pode editar as cores dos personagens, nomes dos inimigos e até mesmo criar novas fases para seu game! Simplesmente de explodir cabeças!

Diversos easter eggs podem ser encontrados durante a jogatinha (que tal enfrentar o Cody, de Final Fight, como inimigo?) e o nível de diversão é altíssmo.

Fãs dos jogos antigos, beat'em ups ou simplesmente apreciadores de bom jogo não devem deixar de jogar. Parabéns ao pessoal da Bomber Games, seu esforço valeu muito a pena!

EDIT: Retirei o link do download. O motivo pode ser visto aqui. A SEGA não se garante e ainda embarreira um trabalho legal como este... uma lástima.

Um comentário:

Thaísa da Silva Groetaers disse...

Fiquei com vontade de jogar!